segunda-feira, 6 de setembro de 2010

a morte, por si só, é uma piada pronta.


Morrer é ridículo.Você combinou de jantar com a namorada,está em pleno tratamento dentário, tem planos pra semana que vem, precisa autenticar um documento em cartório,colocar gasolina no carro e no meio da tarde morre. Como assim? E os e-mails que você ainda não abriu, o livro que ficou pela metade, o telefonema que você prometeu dar à tardinha para um cliente?Não sei de onde tiraram esta idéia: morrer.

A troco? Você passou mais de 10 anos da sua vida dentro de um colégio estudando fórmulas químicas que não serviriam pra nada, mas se manteve lá, fez as provas, foi em frente. Praticou muita educação física, quase perdeu o fôlego, mas não desistiu. Passou madrugadas sem dormir para estudar pro vestibular mesmo sem ter certeza do que gostaria de fazer da vida, cheio de dúvidas quanto à profissão escolhida, mas era hora de decidir, então decidiu, e mais uma vez foi em frente… De uma hora pra outra, tudo isso termina numa colisão na freeway,numa artéria entupida, num disparo feito por um delinqüente que gostou do seu tênis. Qual é? Morrer é um chiste.Obriga você a sair no melhor da festa sem se despedir de ninguém, sem ter dançado com a garota mais linda, sem ter tido tempo de ouvir outra vez sua música preferida. Você deixou em casa suas camisas penduradas nos cabides, sua toalha úmida no varal, e penduradas também algumas contas. Os outros vão ser obrigados a arrumar suas tralhas, a mexer nas suas gavetas, a apagar as pistas que você deixou durante uma vida inteira.

Logo você, que sempre dizia: das minhas coisas cuido eu.Que pegadinha macabra: você sai sem tomar café e talvez não almoce, caminha por uma rua e talvez não chegue na próxima esquina, começa a falar e talvez não conclua o que pretende dizer. Não faz exames médicos,fuma dois maços por dia, bebe de tudo, curte costelas gordas e mulheres magras e morre num sábado de manhã. Se faz check-up regulares e não tem vícios, morre do mesmojeito. Isso é para ser levado a sério?Tendo mais de cem anos de idade, vá lá, o sono eterno pode ser bem-vindo.Já não há mesmo muito a fazer, o corpo não acompanha a mente, e a mente também já rateia, sem falar que há quase nada guardado nas gavetas. Ok, hora de descansar em paz. Mas antes de viver tudo ? Morrer cedo é uma transgressão, desfaz a ordem natural das coisas. Morrer é um exagero.E, como se sabe, o exagero é a matéria-prima das piadas. Só que esta não tem graça.


Por isso viva tudo que há para viver.
Não se apegue as coisas pequenas e inúteis da Vida…
Perdoe….sempre!!!”

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Em Busca da Felicidade?


Ainda se fosse palpável, ainda se pudéssemos vê-la! Mas ainda que possamos sentí-la, queremos ouví-la. Queremos tão perto, em momentos incertos que só nós podemos buscar no lugar certo. O momento certo, em pensamentos corretos em sentimentos de amor e afeto.

Agradável, saudável... que sem ela, seríamos nada mais que um objeto. Aonde buscar? Aonde encontrar? ... onde está nos momentos que mais precisamos? Na coisa mais valiosa e preciosa que temos, nós seres humanos. Ela está aí com você, ou melhor dizendo aí dentro. Dentro daquilo que gera todos os seus sentimentos, que faz tudo correto.

Ela está cheia de vida, ansiosa, na expectativa, que só vem quando está com o coração aberto.
Misteriosa, e complexa .. sempre aparece naqueles dias em que nada parece dar certo. Vai encontrar em um coração humilde, flexível, que ama a sí próprio. Em um sonho que se torna real, ou com aquela melhor pessoa, ou olhando o mar em pensamentos atoa.

Em uma mente contente, com autoestima, ou ajudando aquela senhora atravessar a esquina. No sorriso escaldante, naquela fórmula mais importante, ou em pés cansados de vários dias de uma vida interessante. ... está aí com vc!!! :D

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

.. não se apegue!


... Não se apegue no seu dinheiro que um dia vai acabar...
Não se apegue nas pessoas falsas, que um dia vão te decepcionar...

Se apegue no amor, se apegue na vida, que boas experiências trará.

... Não se apegue no ódio, que pode se revoltar...
Não se apegue na solidão, que sempre pode te atrapalhar...

Se apegue no sol que está a iluminar, se apegue na lua, romântica como o mar.

... Não se apegue na tristeza, que só faz você chorar...
Não se apegue naquilo que nunca vai te agradar...

...Não se apegue aos seus problemas, pois são eles quem se auto solucionará...
Não se apegue naquele beijo, que um dia você não mais terá...

Ande certo, pense alto, sonhe perto, se apegue em algo.

Não se apegue! Seja diferente!!

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Mudança!


Exitem vários tipos de mudanças, as grandes e as pequenas que não damos muito importância. As mudanças de hábitos, ou mudanças de sons. Mundança de cidade, ou depois de uma tempestade. Tem também aquelas mudanças que não nos damos conta que foram mudadas, tão pequenas tão insignificantes, mas que lá na frente vemos a importância e o poder que fez em nossas mentes. As mudanças podems ser diárias, ou temporárias. Podem também ser para melhora ou piora. Muitas pessoas não se adaptam as mudanças, mas tem as que mudam toda hora. Seja ela a mudança radical ou fundamental. Caminhos diferentes a vida nos oferece a todo instante.. Caminhos em que geram mudança na vida profissional, pessoal, mental, espiritual. Vários caminhos a seguir, várias mudanças a surgir. Nada muda enquanto eu não mudar.. tudo o que eu faço me conduz algum lugar. Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças!!!